Visite as Obras





Fale Conosco

A Usina Hidrelétrica Serra do Facão é um dos maiores empreendimentos em construção nos estados de Goiás e Minas Gerais, já que sua área abrange parcialmente terras de municípios dos dois estados. Entre empregos diretos e indiretos, são cerca de 5 mil pessoas beneficiadas, proporcionando impulso à economia da região.

Geração de empregos

A geração de empregos diretos e indiretos, a movimentação financeira na região e o aumento da receita municipal têm dinamizado a economia dos municípios da área de influencia da Usina hidrelétrica Serra do Facão.

A construção da obra e a execução dos programas socioambientais demandam o aproveitamento de mão de obra local, seja em empregos gerados diretamente pelo empreendimento, seja pela contratação de serviços terceirizados.

A conseqüência mais perceptível é o fortalecimento de todos os setores do comércio e de prestação de serviço..
No canteiro de obras da Usina, a oferta se empregos é maior. Somente a construtora Camargo Corrêa produz atualmente cerca de 1.500 empregos. Até o fim da obra, em 2010, a estimativa é que sejam gerados 4800 empregos, entre diretos e indiretos.  

Valorizando a mão de obra local, tanto a Camargo Corrêa quanto a Sefac têm divulgado as vagas disponíveis e destacado seu interesse em contratar profissionais qualificados da região. Atualmente, são aproximadamente 800 colaboradores residentes nos municípios de Catalão e Davinópolis. Por isso, os interessados em  trabalhar no empreendimento devem deixar seus currículos no SINE (Sistema Nacional de Empregos), no SIME (Sistema Municipal de Empregos) e também nos escritórios das empresas.

Voltar
­